Saiba como ajudar crianças e jovens a identificar os perigos da internet

supervisao_dispositivos_netsegura

O confinamento derivado à pandemia Covid-19 levou ao incremento da utilização de dispositivos eletrónicos ligados à internet, tais como telemóveis, tablets, computadores ou consolas de jogos.
Alguns dos jovens ou crianças conseguem lidar, com maior ou menor dificuldades, com os perigos da internet. Outros, derivado à sua idade, falta de maturidade ou inexperiência podem ficar mais expostos aos perigos associados à utilização destes recursos. Assim, é importante existir alguma supervisão por parte dos adultos mais próximos.
Neste contexto, a supervisão deve ser encarada como um exercício responsável da autoridade por parte dos pais, bem como dos elementos da comunidade escolar, não devendo ser confundida com o ato de espiar .
Deve ser vista como uma forma de estabelecimento de regras claras, relacionadas com a utilização responsável e segura dos dispositivos eletrónicos ligados à internet.

Utilização frequente e intensiva dos dispositivos

Alerta para SIM Swappers Selfies netSegura

A utilização recorrente de dispositivos eletrónicos ligados à internet
Com o distanciamento social e o encerramento das escolas, as crianças e jovens acabam por utilizar os dispositivos eletrónicos de forma mais intensiva.
Muito embora lhes permita ocupar os tempos livres e manter contacto com familiares e amigos, também pode acarretar riscos para a sua segurança.

Um menor tempo de utilização dos dispositivos não é sinónimo de segurança
O importante passa por saber o que as crianças e jovens fazem no decorrer desse período temporal.
Algumas podem passar horas a utilizar dispositivos móveis ou a jogar, enquanto outras, com menor tempo de utilização, podem correr perigo real ao comunicarem, sem supervisão, com desconhecidos.

A promoção de uma relação de interação e confiança com um adulto pode ajudar as crianças e jovens na deteção de perigos da internet
Algumas atitudes de proximidade demonstradas pelos adultos podem ajudar neste processo.
• Demonstre interesse generalizado nas diversas tarefas diárias dos seus filhos ou alunos.
• Promova a consciencialização prioritária de recursos de internet para trabalhos escolares ou para contactos com familiares e amigos, fisicamente conhecidos.
• Peça-lhes para que partilhem os seus interesses on-line e aplicações que utiliza. Poderá identificar eventuais perigos e avaliar se os conteúdos são adequados à sua idade.
• Demonstre a sua preocupação e interesse através de expressões como “Estou preocupado com as coisas que vi aqui”.
• Questione o seu filho sobre amigos on-line, bem como sobre a existência de tentativas de contactos de desconhecidos.
• Envolva as crianças e jovens numa tomada de decisão proibitiva da utilização de  alguns meios tecnológicos, explicando-lhes os motivos e recolhendo a sua opinião sobre o tema em questão.

O perigo dos encontros presenciais 

grooming_netsegura

O perigo da passagem do mundo virtual para a realidade
Os perigos existentes na utilização de dispositivos eletrónicos  ou internet nem sempre se cingem ao mundo virtual.
Para além de outros perigos, pode existir o aliciamento por parte de predadores para a promoção de encontros presenciais. Por outro lado, através da recolha de informação levada a cabo por estes indivíduos, pode ser desvendada a localização da vítima, levando a uma possível abordagem presencial.
Nestas situações, nos casos mais graves, podem existir abusos sexuais, desaparecimentos ou mesmo homicídios.

Em caso de desaparecimento do seu filho importa saber
• Deve possuir todos os elementos necessários a uma rápida intervenção das autoridades policiais.
• Torna-as útil saber quem são os amigos e os hábitos que o mesmo possui na internet.
• Importa ainda saber as passwords das plataformas de internet utilizados pelo mesmo (e-mail ou redes sociais).
• Pondere ainda a utilização de recursos eletrónicos que possibilitem a monitorização e georreferenciação dos dispositivos eletrónicos (smartphones).

Desafios virais na internet

Desafios_virais_internet_blackout_challenge_netsegura

A importância relativa à identificação e conhecimento dos fenómenos virais difundidos pela internet
A consciencialização relativa aos perigos reais de participação ou reprodução dos desafios é essencial para a sua prevenção.
Por outro lado, o aconselhamento e acompanhamento dos adultos tem um papel fulcral em todo este processo.

Graves consequências para a saúde e risco de vida
• Os desafios virais tem como principal fonte de divulgação as redes sociais (TikTok e WhatsApp).
• As crianças e jovens aderem a estes desafios por mera brincadeira ou incentivados por amigos.
• Tratam-se de comportamentos de risco elevado, que se podem traduzir em graves consequências para a saúde ou, inclusivamente, conduzir à morte.
Para melhor conhecer o fenómeno e saber como proceder, consulte a publicação da netSegura Desafio viral do TikTok leva à morte de criança com 10 anos”.

O cyberbullying

Cyberbullying é crime netSegura

A promoção do cyberbullying através das novas tecnologias
O cyberbullying é uma evolução do bullying convencional, recorrendo a dispositivos eletrónicos.
Pode ser encarado como um comportamento de agressão, ameaça ou intimidação.
Verifica-se em ambiente de internet e/ou através de novas tecnologias, como é o caso de chamadas telefónicas, SMS, MMS, E-mail, Chatroom, Messenger, website, YouTube e numa diversidade de redes sociais.
As principais intenções passam por querer magoar, envergonhar, assustar ou ofender alguém.

Alguns indícios que podem revelar cyberbullying
• Aumento ou diminuição ​​do uso de dispositivos eletrónicos, incluindo mensagens de texto ou outras formas de comunicação eletrónicas.
• Exibição de respostas emocionais (riso, raiva, chateado) ao que está acontecer na interação com o dispositivo eletrónico.
• Ocultação da tela destes dispositivos.
• Contas de rede sociais eliminadas ou não utilizadas, com a subscrição de novos perfis.
• Comportamentos retraídos ou deprimidos.
• Falta de interesse em relacionamentos sociais ou atividades (isolamento).

Alguns comportamentos que podem prevenir ou evitar o cyberbullying
• Não responder a mensagens ou contactos desagradáveis, humilhantes ou provocadores.
• Nunca responder a comentários agressivos ou grosseiros.
• Guardar e registar sempre a origem desses conteúdos.
• Conversar com os adultos sobre o sucedido, com vista a uma tomada decisões.
• Não partilhar a password das plataformas de internet com amigos ou desconhecidos.
• Introduzir sempre palavra-chave, PIN ou autenticação biométrica para aceder aos dispositivos eletrónicos.
• Utilizar as configurações de privacidade para bloquear mensagens indesejadas.
• Nunca publicar ou enviar fotos íntimas, já que podem ser utilizadas indevidamente por terceiros e uma vez partilhadas ficam para sempre na internet.

Plataformas de jogos online

Aliciamento de menores jogos de internet netSegura

Comportamento social centrado no universo dos jogos
Assiste-se atualmente a um incremento da utilização de plataformas jogos online, tais como Fortnite, Roblox ou Minecraft.
Estes jogos permitem a comunicação entre os diversos jogadores participantes, com recurso ao chat e/ou voz.
Estes meios de comunicação também poder ser utilizados por predadores sexuais ou outras pessoas mal intencionadas.
O maior problema surge quando estes indivíduos tentam cativar as crianças através de ofertas relacionadas com os jogos, utilizando para o efeito mensagens de texto e voz.
Posteriormente, convencem a vítima a isolar-se e a passar para formas alternativas de comunicação. Este isolamento pode ser aproveitado para a captura de conteúdos íntimos ou a marcação de encontros presenciais.

Como prevenir o fenómeno
• Pondere a pertinência da utilização de algumas plataformas de fogos atendendo à idade da criança.
• Informe-se sobre as condições do serviço, nomeadamente quanto à idade aconselhável.
• Explore as características da plataforma e ajude o seu filho a configurar as contas.
• Utilize o perfil privado, sem que tenha que exibir o nome verdadeiro ou qualquer dado identificação.
• Tenha sempre acesso à conta de correio eletrónico utilizada para o registo na plataforma.
• Conheça a identidade de todos os amigos com quem o seu filho comunica no jogo.
• Questione frequentemente o seu filho sobre eventuais tentativas de contactos.
• Permita apenas o acesso às plataformas ou dispositos eletrónicos em divisões comuns.

O fenómeno do Sexting

Sexting abuso sexual pornografia de menores netSegura

A troca de conteúdos íntimos por meios eletrónicos
O fenómeno de ‘sexting’ encontra-se relacionado com a troca de conteúdos íntimos, ou sexualmente explícitos, através de meios eletrónicos.
Esses conteúdos multimédia (fotografia e vídeo) são, maioritariamente, trocados de forma voluntária, ou mesmo sob ameaça.
Os problemas podem surgir de diversas formas, seja através de um cartão de memória desprotegido, da perda ou avaria de um dispositivo, o fim da relação amorosa, através de fraude/ extorsão ou por mera brincadeira.
A ameaça da divulgação pode constranger os jovens ao envio de mais conteúdos e até  à marcação de um encontro presencial forçado.

Medidas de prevenção e segurança contra o sexting
• Não captar ou enviar conteúdos sexualmente explícitos para qualquer pessoa.
• Selecionar os pedidos de amizade efetuados através das redes sociais e rejeitar de imediato os desconhecidos.
• Limitar a autonomia dos jovens e crianças na utilização de dispositivos eletrónicos com ligação à internet. O Facebook, a título exemplificativo, não permite a criação de perfis a menores de 13 anos.
• Em caso de existirem problemas preserve todos os dados das comunicações e apresente queixa junto das autoridades policiais (Polícia Judiciária) ou judiciárias (Ministério Público).

Controlo parental

COVID-Cibersegurança-EUROPOL

Utilização de meios eletrónicos de monitorização 
A utilização de recursos eletrónicos de monitorização pode ajudar a regular e controlar as atividades diárias dos seus filhos.
Existem diversas aplicações que podem ajudar neste contexto, sendo uma das mais conhecidas a Kaspersky Safe Kids.
• Permite configurar relatórios e personalizar as diversas opções de monitorização.
• O próprio programa, através da configuração da idade da criança ou jovem, ajusta, de forma automática, as definições relativas aos resultados de pesquisas e plataformas de internet permitidas.
• Possibilita o acesso remoto à informação gerada, sem ter que recorrer, de forma física, ao dispositivo monitorizado.

Outras funcionalidades de proteção
• Permite o acesso a num mapa, para localização, através de GPS, do dispositivo em tempo real.
• Possibilita a definição de uma área de segurança para as crianças permanecerem. Na eventualidade de saírem dessa área será emitido, de imediato, um alerta.
• Potencia ainda a monitorização remota e permanente do estado da bateria de dispositivos.

Artigo relacionado

roblox_netsegura

Contas Roblox hackeadas: Ative a verificação em dois passos

Subscrever
Notificações de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Veja todos os comentários

Publicações relacionadas

Desafios_virais_internet_blackout_challenge_netsegura
mods_minecraft_netSegura
fortnite_dupla_verificação_netsegura