A netSegura aconselha: Segurança na internet em tempos de pandemia

internet_segura_netsegua

A pandemia COVID-19 levou a um incremento generalizado na utilização dos dispositivos eletrónicos e, subsequentemente, da internet.
A nível profissional, as nossas tarefas diárias passam agora por teletrabalho, enquanto que os mais jovens frequentam o ensino à distância.
Os adultos fazem compras online, utilizam recursos de homebanking ou navegam em redes sociais.
Para além do ensino, os jovens utilizam ainda dispositivos eletrónicos para diversos fins, como é o caso de navegação em redes sociais ou jogos disponibilizados através de plataformas digitais.
Em todas estas situações os utilizadores deverão assegurar o cuidado necessário no sentido de não serem vitimas de crimes cibernéticos.
Muito embora algumas dessas medidas sejam aparentemente banais, acabam por estar na base da maior parte das situações relacionadas com cibercrime.

proteção_wi-fi_netsegura

Proteja a rede de internet de sua casa

  • Altere as credencias originais do seu router (administrador e password);
  • Configure o SSID (nome da rede) deste dispositivo e modifique, com uma chave forte, a sua senha da rede móvel;
  • Opte por implementar autenticação por mac-adress como forma de ligação ao wi-fi;
  • Verifique, de forma regular, a existência de intrusos nesta rede e o respetivo histórico;
  • Escolha como método de autenticação os protocolos WPA2 ou WPA3 ;
  • Não partilhe com ninguém a chave da rede wireless.

Como escolher e gerir passwords

  • Utilize passwords fortes e diferenciadas em plataformas de internet, redes sociais ou correio eletrónico;
  • Com os devidos cuidados, poderá optar por um gerenciador de credenciais;
  • Nunca aponte as suas senhas em papel, bem como de forma digital, sem a respetiva encriptação;
  • Não utilize informação pessoal em passwords, tal como a data de nascimento;
  • Não deixe que os browsers memorizem palavras-chave de forma automática.

Existem diversas formas dos nossos dados poderem vir a ser comprometidas, sendo por isso necessário tomar os devidos cuidados. Veja como se proteger neste artigo da netSegura relacionado com ataques a passwords.

proteçâo_pin_smartphone_netsegura

Segurança em dispositivos eletrónicos

  • Utilize sempre PIN, password ou informação biométrica como forma de autenticação no sentido de iniciar os seus dispositivos eletrónicos (computador ou smartphone);
  • Instale sempre um antivírus ou implemente outras formas de proteção, como é o caso de firewall ou anti-malware, mesmo que não se ligue à internet;
  • Não utilize aplicações de origem desconhecida e verifique sempre as autorizações que fornece aquando da sua instalação;
  • Não deve abrir correio eletrónico desconhecido ou aceder a eventuais links que receba por correio eletrónico ou SMS, no sentido de evitar situações de phishing;
  • Verifique a existência de objetos estranhos  nas portas USB dos seus equipamentos, sendo que também não deverá utilizar cabos de ligação fornecidos por estranhos ou encontrados;
  • Efetue sempre backups regulares de todos os seus dados e informação, alguns dos quais em suporte físico, sem ligação à internet.

Certamente que existem outros aspetos de segurança que deverá ter em conta, nomeadamente aquando da intervenção de terceiros em processos fraudulentos relacionados com ataques por engenharia social.

Segurança nas redes sociais

As redes socais servem de refúgio para um conjunto de atividades criminosas, sendo por isso essencial que tome algumas medidas básicas de segurança.
Podemos encontrar diversas situações perigosas, como por exemplo disseminação de malware, ações de phishing, recolha indevida de informação pessoal, páginas de comércio eletrónico falsas, existência de predadores sexuais em jogos para crianças ou propostas de vendas fraudulentas.
Assim, poderá seguir algumas sugestões no sentido de tentar diminuir o risco existente.

  • Rever todas as configurações de segurança e privacidade das contas de correio eletrónico ou outras plataformas;
  • Implementar dupla autenticação como forma de validação de acessos;
  • Não aceitar sugestões de amizade ou conversar com estranhos;
  • Em qualquer circunstância deverá introduzir as credenciais de acesso em links, bem como instalar aplicações ou jogos que lhe sejam sugeridos;
  • Deverá ter consciência do perigo que pode representar a partilha de conteúdos íntimos, já que pode vir a ser vítima de extorsão;
  • Não confie em estranhos ao ponto de nutrir uma amizade por desconhecidos. Poderá ser vítima de burla ou fraude;
  • Não deverá adquirir quaisquer bens através de páginas existentes em redes sociais, mormente produtos financeiros, tal como investimentos ou créditos bancários.

Os perigos agora elencados não serão os únicos presentes nas redes sociais, pelo que deverá sempre desconfiar e estar em alerta permanente para os múltiplos riscos de segurança.
Como exemplo, poderá consultar alguns conteúdos relacionados com  o recrutamento de vitimas em redes sociais, nomeadamente para se candidatarem a falsos créditos ou serem vitimas de fraude no namoro.

compras_online_segurança_netsegura

Compras seguras online

No decorrer da pandemia COVID-10 assistimos a um incremento generalizado na utilização de plataformas de internet, como é o caso do comércio eletrónico disponibilizado por lojas online. Se na maior parte das situações podemos confiar no vendedor e nas formas de pagamento existentes, pode igualmente acontecer uma situação de fraude.
Assim, tenha em conta algumas sugestões no sentido de tentar diminuir o risco existente.

  • Compre sempre em páginas de internet conhecidas e de confiança;
  • Para evitar comprar em página falsas, proceda a uma pesquisa na internet pelo nome do site ou consulte a opinião de outros utilizadores;
  • Desconfie sempre de grandes promoções, nomeadamente em artigos de luxo ou de marca;
  • Utilize formas de pagamento seguros, nomeadamente referências multibanco emitidas por entidade credíveis, cartões de crédito com valores e limites definidos, transferência bancária ou Mbway (desde que conheça a forma segura de aderir e não associar o seu cartão bancário a um número de telemóvel desconhecido);
  • Não adquira produtos em páginas desconhecidas localizadas no estrangeiro.

Existe um elevado número de situações de cibercrime relacionadas com o comércio eletrónico ou supostas prestações de serviço em ambiente de internet.
Para ficar ciente de alguns dos perigos que pode correr poderá recolher mais informação em temas já abordados na netSegura, relacionados com fraudes com cartões bancários em páginas de internet ou páginas que promovem falsas vendas.

Esclarecimentos adicionais?

Na eventualidade de pretender eventuais esclarecimentos pode consultar o nosso assistente virtual ou utilizar o formulário de contacto disponível aqui.

Veja também

https_ssl_ligação_netsegura

Certificados SSL não são sinónimo de segurança na internet

Subscrever
Notificações de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Veja todos os comentários

Publicações relacionadas

gestor_passwords_netSegura
rogueware_netsegura
netSegura_keylogger