É jogador do Minecraft? Atenção às mods infetadas com malware

mods_minecraft_netSegura

Se é jogador do Minecraft certamente que já utilizou ou ouvir falar de mods, abreviatura de modificações.
De forma independente ou em pack, as mods acrescentam ou implementam novas funcionalidades ao jogo, sendo assim uma forma atrativa de cativar os jovens.
Segundo um relatório da Kaspersky, desde julho deste ano, foram detetadas na Google Play, mais de 20 aplicações que anunciam disponibilizar mods para o Minecraft, mas que na realidade se destinam a infetar dispositivos com malware.
O principal objetivo deste malware encontra-se relacionado com adware, respeitante à exibição, intensiva e intrusiva, de anúncios nesses dispositivos.

Falsas aplicações para Minecraft banidas da Google Play

Segundo o mesmo relatório, algumas destas aplicações foram instaladas por mais de um milhão de utilizadores, sendo que, entretanto, já foram retiradas da loja oficial da Google. Algumas dessas aplicações foram identificadas como perigosas para os jovens:

    • Zone Modding Minecraft;
    • Textures for Minecraft ACPE;
    • Seeded for Minecraft ACPE;
    • Mods for Minecraft ACPE;
    • Darcy Minecraft Mod.

Como se proteger?

Apesar destas aplicações terem sido removidas da loja oficial, continuam instaladas em dispositivos dos utilizadores que procederam à sua instalação.
Na maior parte das situações permanecem invisíveis, sem ícone associado, sendo por isso necessário proceder à instalação de um antivírus e anti-malware para a sua remoção.

O QUE É FENÓMENO CONHECIDO POR ADWARE ?

O termo adware encontra-se relacionado com um software indesejado concebido para provocar o aparecimento de anúncios na tela de dispositivos, maioritariamente em navegadores de internet ou aplicações.
Normalmente, utiliza métodos discretos para se disfarçar como se fosse legítimo ou é instalado com outros programas para tentar enganar os utilizadores, no sentido de o instalem em PCs, tablets e outros dispositivos móveis.
Se algumas vezes o intuito é a promoção de publicidade, também pode ser utilizado para a prática de atividade delituosa.

Crimes frequentemente associados a esta atividade delituosa

  • Burla informática e nas comunicações, crime previsto no art.º 221.º do Código Penal.
  • Sabotagem informática, previsto no art.º 5º da Lei nº 109/91, de 17/8 (Lei do Cibercrime).
  • Acesso ilegítimo, previsto no art.º 7º, n.º 1 e 2 da Lei nº 109/91, de 17/8 (Lei do Cibercrime).

Esclarecimentos adicionais?

Na eventualidade de pretender eventuais esclarecimentos pode consultar o nosso assistente virtual ou utilizar o formulário de contacto disponível aqui.

Subscrever
Notificações de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Veja todos os comentários