A netSegura explica – Ciberataques: O que são Keyloggers

netSegura_keylogger

Os ataques por malware podem manifestar-se de diversas formas. Muitas das vezes são utilizados programas maliciosos com a principal função de realizar ações prejudiciais num determinado sistema informático.
Estas ações pretendem recolher informações, causar danos nos dispositivos, obter uma vantagem financeira ilícita ou assumir o controlo do equipamento.
Existem diferentes categorias de malware, sendo uma das mais perigosas, no ramo dos spywares, pela forma simples de utilização, os Keyloggers.
Podem afetar diversos tipos de dispositivos eletrónicos, sejam eles computadores ou smartphones.

O que é um Keylogger

keylogger_netsegura_hadware

Um keylogger pode ser definido como um software ou hardware de monitorização que possibilita o registo da informação de um determinado dispositivo eletrónico.
Na eventualidade de se tratar de software os dispositivos podem ser infetados de diversas formas, seja remotamente ou por acesso fisico ao equipamento.
Quando se trata de hardware podemos estar perante teclados, ratos, adaptadores de redes ou outros dispositivos usb, alguns equipados com Wi-Fi.
Os dados recolhidos de forma ilícita podem então ser armazenados em dispositivos ou remetidos remotamente.

Como se pode proteger dos keyloggers?

  • Utilizar firewall no sentido de monitorizar o tráfego de dados;
  • Implementar a utilização de gestor de passwords;
  • Alterar frequentemente as passwords;
  • Instalar antivírus e anti-malware;
  • Manter os dispositivos atualizados (firmware e software);
  • Verificar a existência de objetos estranhos nos dispositivos eletrónicos, como é o caso de adaptadores ou cabos USB.

Esclarecimentos adicionais?

Consulte o assistente virtual ou utilize o formulário de contacto disponível aqui.

Artigo relacionado

usb_hack_netSegura

Um simples cabo USB pode infetar dispositivos com malware

Subscrever
Notificações de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Veja todos os comentários